TERRA DOS CÂNIONS – Urubici

Veja esta matéria na íntegra na Edição #1 da REVISTA OVERLANDER & confira também nossas recomendações de lugares Onde Ficar e Comer >>>>

Serras encantadoras, com vistas espetaculares sobre cânions, que você nunca imaginou existir no Brasil. Florestas de araucárias, antigas formações rochosas e cachoeiras escondidas à espera de serem exploradas. Onde os animais ainda podem ser vistos, o clima vai determinar o seu dia e as estradas são apenas para você. Um paraíso para Overlanders!

Aqui está a primeira parte “Urubici”. . .

001_Terra-dos-Cânions

URUBICI

Seja qual for o caminho que escolher, para chegar ou sair de Urubici, você não se decepciona. Um ótimo lugar para começar uma aventura.

O primeiro dia começou cedo com a visita ao Morro da Igreja – o cartão-postal da região. Fica a poucos quilômetros da cidade, seguindo por uma estradinha pitoresca até chegar ao topo. Saindo do carro, na estação meteorológica, não entendemos muito bem o porquê de toda a fama. Mas alguns passos depois, na borda de um imponente penhasco, olhando para baixo e avistando a Pedra Furada e os intermináveis vales, sabíamos que tínhamos chegado ao lugar certo.

A vista por si só é suficiente para justificar a subida, mas o que poucas pessoas abem é que existem outros tesouros escondidos a serem descobertos ao longo do caminho. A poucos quilômetros do topo, na mesma estrada, encontramos a cachoeira Véu da Noiva – uma linda cortina de água caindo em uma bela piscina abaixo. Um lugar perfeito para sentar e relaxar. Mas o nosso lugar favorito estava nos esperando um pouco mais abaixo – o Vale dos Sonhos. Resguardado da estrada, este encantador chalé, projetado, construído e decorado por nosso anfitrião, o Clé, é provavelmente um dos lugares mais charmosos que você conhecerá. Mesclado perfeitamente com a paisagem do vale ao redor, seus próprios belos jardins e os diversos quitutes caseiros, é parada obrigatória. Só vendo para acreditar, e sentir sua energia.

003_Terra-dos-Cânions

No entanto, se você estiver procurando um pouco mais de emoção, é só descer até a pista principal, virar à direita e seguir para a Serra do Corvo Branco. Começando como uma estrada enganosamente boa, ela segue um caminho tranquilo até entrar em um desfiladeiro sinistro e escuro. De repente, mergulha para fora da borda em uma série de curvas inacreditáveis, em ziguezague, que uase enganam a gravidade. Definitivamente não é para os fracos. Nós mal odíamos esperar!

Nossa única preocupação foi que a estrada estava em obras e corríamos o risco de ela estar fechada. Na cidade, ninguém parecia saber ao certo se estava aberta ou não. Decidimos descobrir por nós mesmos e, apesar de enfrentar poucos quilômetros de lama e alguns impasses com tratores e caminhões basculantes, superamos. Não decepcionou, inclusive superou as expectativas e a intimidante reputação. Mas há uma grande placa avisando que se seguir, o risco é totalmente seu!

002_Terra-dos-Cânions

Na manhã seguinte, fomos ao Morro do Campestre onde, após uma curta caminhada, chegamos ao topo da rocha, e lá fizemos um piquenique curtindo uma vista maravilhosa.

Nosso último destino, ao sair da cidade, foi a Cascata do Avencal. Sem conseguir avistar nada da estrada principal, a surpresa ao ver os 100 etros de queda d’água até o vale abaixo, é urpreendente! Ainda melhor, descobrimos uma tirolesa, instalada recentemente, passando por cima da cachoeira! Uma ótima despedida de Urubici.

001_Terra-dos-Cânions copy

Ediçao #6 Chegou

01d_SingleMag_500_sidebar_site

Melhores Preços na Loja Overlander

01-SideBarAd_50

Coleção Overlander

07_Bothitems_home

Deixe uma resposta