Destinos 2016

Janeiro 2016 – Edson & Lourdes Castro

001_Destinos_2016No dia 09 de janeiro de 2016 eu e minha esposa Lourdes iniciamos a viagem que sonhamos há muitos anos….. destino USHUAIA. Nossa trip durou 36 dias e rodamos 13.600 km pelo cone sul.

Seguimos de Lages (SC) a Buenos Aires, e de lá até o Ushuaia pela Ruta 3, com inúmeras paradas pelo Caminho: Baia Blanca, Puerto Madryn – cidade muito linda, com inúmeros bares a beira mar, camping excelente, Rada Tilly e muitas outras. A estrada é surpreendente apesar de uma vegetação que mais lembra um deserto e muito vento, mas muito vento, é encantador dirigir na Patagônia. A entrada na Terra do Fogo através do estreito de Magalhães é um capítulo a parte, estar num lugar que você estudou nos bancos escolares é muito legal.

A Patagônia é deslumbrante, li isso em algum lugar e descreve bem o que é essa região da Argentina e do Chile:

“A Patagônia representa a natureza em um dos seus mais imaculados e desoladores estados, uma terra de contrastes no rodapé do mundo”.

A chegada na cidade mais austral do mundo – USHUAIA – me emocionou, pois era a concretização de um sonho.

Ficamos acampados na primeira noite no Parque Nacional Terra do Fogo, durante o dia seguinte curtimos suas belas paisagens e lagoas. Depois ficamos mais três dias acampados em um estacionamento de Hostel, no centro de Ushuaia… visitamos o Farol do Fin do Mundo, curtimos sua gastronomia e depois pé na estrada, rumo a Puerto Natales e El Calafate – a estrada de Porto Natales a El Calafate é muito linda.

036a_Destinos_2016Torres Del Paine, passei meu aniversário aqui, acho que não poderia ter sido em local melhor, para todos os lados que se olha lá esta a mão do Criador, dentro de um parque extremamente bem cuidado além das famosas Torres e  lagos de tirar o folego.

Daqui retornamos para a Argentina rumo El Calafate, que é a base para visitar as famosas geleiras da região. Fizemos um passeio de barco até os glaciares Upsala e Spegazzini além de inúmeros icebergs de tirar o folego. No outro dia fomos a principal atração: o Glacial Perito Moreno – as fotos dessas geleiras falam por si.

Aqui fizemos nossa primeira mudança de roteiro, conversando com outros viajantes, fomos a Chile Chico, pequeno povoado localizado no lado sul da Cordilheira dos Andes, e de lá voltamos rumo ao sul até Puerto Tranquilo. Nos assustaram muito a respeito da estrada, que seria perigosa de ripio e pelas encostas dos Andes, ainda bem que não nos amedrontamos, creio que foi o trecho mais lindo da viagem, cada curva uma surpresa. Em Puerto Tranquilo se encontram as famosas Capelas de Mármores, não deixem de visitar. Daqui fomos para Futaleufu e Bariloche, para variar paisagens lindas.

Bariloche para Osorno no Chile – atenção para não confundir com o vulcão de mesmo nome que fica em Puerto Varas – dormimos aqui em um Hostel. Subimos até o primeiro patamar do vulcão, devido ao vento forte não deu para ir até o segundo patamar, tudo muito lindo. Aqui aconteceu uma das coisas que mais adorei na viagem, dormimos em uma fazenda, na beira do lago, o proprietário não cobrou nada e o lugar é de tirar o folego.

023_Destinos_2016Mais uma vez alteramos o roteiro – a ideia era ir até Pucon visitar o vulcão Vila Rica, mas nos informaram que a visitação ao mesmo estava suspensa, pois o mesmo esta em vias de entrar em erupção. Resolvemos alterar nossa rota que seria até Mendoza, via Junin de Los Andes, pela Ruta 40, como a distância é a mesma fomos via Santiago do Chile, já que seriam 550 km de estrada, valeu a pena, pois subimos os famosos Caracoles – estrada que da acesso à Argentina, onde está o Aconcágua – maior montanha fora da cadeia do Himalaia. Mendoza já conhecíamos, visitamos várias vinícolas, mas recomendo fazerem reserva antecipada.

Agora retorno para casa, nosso carro é um Mitsubishi 4×4, diesel – encontramos diesel s10 ou similar em todos os postos, tanto no Chile como na Argentina, só que na Argentina o preço está muito alto, média de R$4,50/litro e no Chile R$2,50/litro. Gastamos 1.724 litros de diesel a um custo de US$1.469, correspondente a 28% da despesa da vigem. Dormimos 20 dias em Camping e 16 em Hostels/Hotéis.

Uma das coisas que nos chamou muito a atenção é quantidade de aventureiros de Moto, Bike, a pé… de todas as partes  do mundo!

14 thoughts on “Destinos 2016

  1. Carlos Eduardo

    Parabéns pela viagem! Estou querendo fazer parte deste trajeto em Novembro. Gostaria de saber como que o Edson fez para realizar as trocas de óleo do motor. Possuo uma Pajero Dakar Diesel e isso me preocupa. Já ouvi dizer que no Chile não existe a especificação do óleo do motor da Dakar, sendo que de acordo com o manual, a troca deve ser feita a cada 5.000km.

    Reply
    1. Edson

      Ola a dificuldade foi com os filtros, o motor da minha é 3.2, não e fabricado no Chile o ideal é levar os filtros, preço do óleo tambem muito caro, compensa levar.Abraço

      Reply
      1. Carlos Eduardo

        Olá Edson! Obrigado pelo retorno. Entendi, achei que o problema também seria com o óleo. Valeu pela dica. Abraço!

        Reply
  2. antonio c araujo

    Parabéns pela REDAÇÃO sobre as suas férias.
    Pela descrição, acompanhada de fotos, conclue-se que realmente, foi mais um sonho realizado.

    Reply
  3. Peter Lessmann

    Adorei o artigo de vocês! Sempre sonhei com realizar esse trajeto e essa sua descrição da viagem certamente é um grande estímulo de um dia reslizá-lo!

    Reply

Deixe uma resposta