OVERLANDERS EM DESTAQUE – Segredos da América Central (Parte 1)

Veja esta matéria na íntegra na Edição #4 da REVISTA OVERLANDER

Overlanders compartilham algumas memórias especiais de suas passagens por este mosaico surpreendente que é a América Central, separando a América do Sul  e a América do Norte.

Veja a primeira história . . .

Parte 2 aqui >>>> e Parte 3 aqui >>>>

001_AmericaCentral

CAVERNAS AQUÁTICAS, VULCÕES  E FRONTEIRAS

Eleni Alvejan e Sérgio Medeiros – www.projetomundocao.com.br

Belize é o menor país da América Central, a língua oficial é o iglês, metade da população tem o espanhol como segunda língua, mas boa parte dos nativos usam o crioulo belizenho, uma mistura de linguagem africana e indígena. Um país um tanto quanto curioso e interessante, mas suas grandes belezas não estão por terra, vale uma reserva para mergulho e também outras atividades. A Barreira de Corais de Belize é a segunda maior do mundo, só perde para a Grande Barreira de Corais Australiana.

002_AmericaCentral

Buraco Mais Azul do Mundo

Nossa passagem por Belize foi marcante. Estávamos acompanhados pelos italianos Andrea e Lola, um casal sensacional que conhecemos na Guatemala e com eles viajamos por muito tempo – juntos sobrevoamos a atração mais impressionante do país: o Blue Hole. Descoberto por Jacques Cousteau, é uma caverna subaquática que forma um círculo perfeito e está 100 km mar adentro. Com 300 metros de largura e aproximadamente 124 metros de profundidade, é considerado o buraco mais azul do mundo. Do pequeno avião, o que se vê é um cenário surreal com infinitos tons de zul e de beleza única.

O tal buraco azul não era a única atração por ali. Fizemos um sucesso danado com os carros estacionados no pequeno aeroporto, nos convidaram para fotos e entrevista para o site da companhia aérea, e ainda nos emprestaram tomadas, wi-fi e a toneira do aeroporto para lavarmos roupas!

Essas sim são as verdadeiras maravilhas na vida de um viajante.

003_AmericaCentral

Masaya

Além de caçadores de cães abandonados, somos caçadores de vulcões, temos verdadeira fascinação por eles. A América Central é uma panela de pressão, existem vulcões de todos os tipos e por ali nem imaginávamos que passaríamos por uma incrível experiência.

004_AmericaCentral

O Vulcão Masaya é um dos mais ativos da Nicarágua, somente quando se chega à boca dá para ter a real dimensão da cratera. No seu intracrater a lava borbulha insanamente, emitindo gases extremamente tóxicos. Quando estivemos por lá, pela alta periculosidade sísmica, a permanência no local estava permitida por apenas 20 minutos cada grupo e o passeio noturno estava suspenso – somente os funcionários checavam as condições do vulcão de hora em hora. Fizemos amizade com uma segurança que disse que na próxima noite seria seu turno de checagem e que se estivéssemos por ali nos levaria.

006_AmericaCentral

Ficamos acampados no centro de visitantes em uma noite mágica, em que o silêncio absurdo se misturava ao som inexplicável do vulcão em atividade e a extrema tranquilidade era confundida com pequenos tremores de terra. Despertamos com o dia clareando e estávamos muito animados, mal podíamos esperar a noite chegar para encontrar nossa amiga e ver o espetáculo noturno do vulcão borbulhante!

007_AmericaCentral

Perto do meio-dia, o lugar estava lotado de turistas, vários ônibus, carros, muita gente. Estávamos de papo com um pessoal quando uma segurança chegou aos gritos:

– Todos saiam urgente, o vulcão entrou em atividade máxima, com risco  de explosão!

Nós, que dormimos em cima da tampa da panela de pressão, que ainda tínhamos que desmontar a barraca de teto e guardar todas as nossas coisas, só conseguíamos pensar no passeio da noite que perderíamos!Vulcão safado, não podia esperar só mais um dia?

005_AmericaCentral

Dicas nas Fronteiras

Passar da Colômbia para o Panamá com certeza é uma das maiores preocupações dos viajantes que cruzam as Américas. O processo de embarcar o carro é realmente muito burocrático, caro e chato. Sair com seu carro do Puerto de Manzanillo em Colón, no Panamá, também não é das tarefas mais fáceis, mas com muita paciência e sorte você consegue.

Uma vez do “lado de lá”, cruzar a América Central é muito tranquilo. Os países são pequenos, com gente muito amigável e prestativa. As temidas e confusas aduanas não são um bicho de sete cabeças e tomando algumas precauções tudo fia mais fácil.

Dormir próximo às fronteiras e cruzar de um país para o outro bem cedo é aconselhável e ter o dia inteiro para se situar no novo país é sempre mais correto. Preferimos passar aos domingos, quando normalmente tudo está mais calmo.

007a_AmericaCentral

Sempre tenha em mãos duas ou mais cópias dos documentos pessoais e do carro e um pouco de moeda local e pesquise sobre seguros e taxas antes da entrada para não ser pego de surpresa ou enrolado pelos locais que sempre aparecem para “ajudar”.

Mantenha o carro sempre à vista e deixe-o sozinho o mínimo tempo possível. Quando entramos na Nicarágua, em menos de 5 minutos nos roubaram a tampa do combustível e na entrada de El Salvador, se não estivéssemos de olho, teríamos fiado sem as capas dos faróis de milha.

Não see esqueça de consumir tudo que for comida fresca para não perder na inspeção. Sempre esquecemos dos ovos e chegamos a cozinhar uma dúzia na fronteira.

008_AmericaCentral

Lembre-se de que sorriso na cara, simpatia e humildade abrem portas, com aduana não se brinca. Você depende única e exclusivamente daquela pessoa que está no guichê para te autorizar a entrada no país. Se ela não quiser, você não entra. Depois disso, é só torcer para não pegar um ônibus na sua frente e festejar mais um carimbo no passaporte.

DCIM103GOPRO

Veja esta matéria na íntegra na Edição #4 da REVISTA OVERLANDER

Ediçao #7 Chegou

01a_SingleMag

Melhores Preços na Loja Overlander

01-SideBarAd_50

Coleção Overlander

10b_New_all_Items_blue_sidebar

Conheça os Livros

01_Capa_500x385
01a_DayTrippers_SidebarAd
01_Capa_500-sidebar
02_CYD_APM_sidebar
03_CYD_BPT_Sidebar
Livro_standing_3D_shadow_sidebar
01a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
02a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
03a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
04a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385

Deixe uma resposta