PANELA VELHA É QUE FAZ COMIDA BOA (Parte 1)

Veja esta matéria na íntegra na Edição #5 da REVISTA OVERLANDER

Quando se pensa em viajar de carro, o primeiro veículo que vem à cabeça da maioria das pessoas é um carro robusto, forte, 4×4, que aguente o tranco. Mas não é bem assim, o mais importante em uma “viagem dos sonhos” não é o veículo mas sim o estilo, vontade e atitude. Conheça a história de três casais que desbravam o mundo com seus carros antigos, mais que especiais!

Parte 2 aqui >>>

001_CarrosAntigos

CONQUISTANDO O MUNDO – Caçadores de Sonhos

Texto & Imagens: Linho Bergamin e Vanessa Zandoná Sartori 

INSANIDADE PLANEJADA

Agosto de 2011, com muito trabalho e orgulho consegui atingir R$ 30.000,00 de economias, estava com 31 anos, meu único bem material era um Fiat Palio 2005 e foi neste ano que cometi três insanidades de uma só vez.

1ª insanidade: Comprei um Jeep SW 1946 de um acervo de um museu particular da aeronáutica da II Guerra Mundial em Videira/SC — paguei R$ 12.000,00.

2ª insanidade: Decidi que iria colocar um bom motor diesel no Jeep e comprei um MWM 2.8 turbo mecânico, por R$ 18.000,00.

3ª insanidade: Lá se foram os R$ 30.000,00 que levei 19 anos para economizar. Com a conta zerada, troquei o meu Palio mano a mano por uma Chevrolet S10 2001 batida, sem lataria e sem motor. Imaginem como ficou a garagem da casa do meu pai, era tranqueira de tudo que é lado.

002_CarrosAntigos

Quando comprei o Jeep estava ao lado de minha mãe e perguntei a ela:

— E aí, o que achou do carro?

Ela me olhou e disse:

— Eu achei ele uma imperfeição.

Estava batizado o Jeep, o nome era perfeito. Buscamos constantemente a perfeição, em nosso trabalho, com nossa família, com nossos amigos, sempre queremos fazer as coisas da melhor maneira possível; agora, quando nos damos conta de que a tal felicidade fica mais próxima a partir do momento em que passamos a dar valor às coisas mais simples, às coisas que não são tão perfeitas, percebemos que o perfeito mesmo é a imperfeição.

011_CarrosAntigos

Fiquei um ano a pé até fazer a Imperfeição rodar — foi em novembro de 2012, lembro que no dia 3 instalei a barraca no teto do Jeep e no dia 10, pela primeira vez, dei a partida no motor e dirigi o carro.

Detalhe, o Jeep veio antes da Vane — encontrei uma mulher que adora acampar, com o mesmo sonho de fazer uma grande viagem e ficou comigo mesmo estando a pé. Não tive dúvida, é a mulher de minha vida.

003_CarrosAntigos

Nem em meus melhores sonhos imaginaria que após cinco anos estaria ao lado da Vane, em nossa festa de casamento, com a Imperfeição como decoração da boda, cronômetro em contagem regressiva para sair da festa e iniciar uma volta ao mundo.

Foram cinco anos para construir e adaptar o Jeep, durante finais de semana e feriados. Contava com a minha mão de obra, parceria total da Vane e incentivo da família e amigos, que me ajudavam com as mais diversas dicas. Não sou mecânico, aprendi muito, foi bem difícil, sou muito otimista mas sempre digo que “nada dá certo de primeira”.

004_CarrosAntigos

A Imperfeição é uma composição de peças das marcas Jeep, Chevrolet, Fiat, Volkswagen, Renault, Toyota, Ford, Mercedes e outras adaptações estranhas como a fôrma de bolo da minha cunhada que virou a pia, a bombinha de limpador de para-brisas que gera a pressão do chuveiro, o suporte do tambor da máquina de lavar roupa dos anos 80 que sustenta o cabo de força (para ligar o carro à rede elétrica), os tubos de PVC 250 mm que viraram caída d’água e polias de moinho de milho que calçam a base do volante do carro.

006_CarrosAntigos

O painel frontal e superior, portas traseiras, bagageiro, caixas d’água, suporte da pia e fogão e móveis projetei primeiramente em meu computador (software 3D) e depois parte por parte foi construída por mim ou por empresas de amigos que trabalham com corte laser e dobra de chapa, usinagem, pintura e móveis; na sequência, o desafio era montar as partes e fazer dar certo.

009_CarrosAntigos

O dia em que comprei a Imperfeição gravei o seguinte áudio: “Hoje, 28 de agosto de 2011, eu cometi uma das maiores loucuras de minha vida. Comprei um Jeep 1946, não sei o que vou conseguir aproveitar nele, mas eu prometo, prometo sim, que um dia vou banhá-lo nas águas do Oceano Ártico”. Em 12 de agosto de 016, cinco anos depois, chegamos ao Oceano Ártico. Pensar neste momento me arrepia inteiro, só de lembrar quanto trabalho, planejamento, dedos cortados, queimaduras, dúvidas, momentos de exaustão, fé e muito, muito amor foram necessários para chegar lá.

021_CarrosAntigos

A Imperfeição é da série 463 do primeiro modelo de carro com conceito SW (Station Wagon) com a carroceria de metal construído no mundo (antes existiam somente de madeira). Foi fabricada na cidade de Toledo, Ohio, EUA. Outro momento de êxtase ocorreu no dia 12 de outubro de 2016. Depois de 70 anos, levamos a Imperfeição de volta a sua origem, onde hoje resta somente uma das chaminés da antiga fábrica da extinta Willys Overlander.

O modo pelo qual este carro foi “concebido” torna-o único, com vida, com sangue e óleo que percorrem seus dutos caçando os nossos maiores sonhos.

010_CarrosAntigos

Veja esta matéria na íntegra na Edição #5 da REVISTA OVERLANDER

Parte 2 aqui >>>

Ediçao #7 Chegou

01a_SingleMag

Melhores Preços na Loja Overlander

01-SideBarAd_50

Coleção Overlander

10b_New_all_Items_blue_sidebar

Conheça os Livros

01_Capa_500x385
01a_DayTrippers_SidebarAd
01_Capa_500-sidebar
02_CYD_APM_sidebar
03_CYD_BPT_Sidebar
Livro_standing_3D_shadow_sidebar
01a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
02a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
03a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
04a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385

Deixe uma resposta