PELO RETROVISOR – Alasca, o destino onde o que vale é a estrada!

Veja mais posts da PELO RETROVISOR  >>>>

Uma das perguntas mais frequentes que ouvimos na estrada quando conhecemos novas pessoas é “Onde vocês estiveram?” Pode ser apenas a forma de perguntar, mas para nós que estamos na estrada essa pergunta está completamente errada. A pergunta deveria ser “Por onde vocês passaram?” A troca de palavras é simples, porém implica algo importante que você aprende depois de dirigir por tanto tempo: não é sobre o destino, e sim sobre como chegar lá.

DCIM/100MEDIA/DJI_0076.JPG

Um dos maiores exemplos desse ditado é o Alasca, a última fronteira (“The Last Frontier“) – é o estado mais ao norte dos Estados Unidos e está completamente separado dos 48 estados contínuos. Para chegar ao Alasca você tem três opções: (i) um voo de 3h30 de Seattle até Fairbanks; (ii) um cruzeiro de 7 dias; ou (iii) uma jornada de 3.500km pelo Canadá cruzando a província de Yukon – um dos locais menos populosos do planeta terra, são 0.1 pessoas por quilômetro quadrado.

Grande parte dos que visitam o Alasca chegam lá pela opção (i) ou (ii), e infelizmente eles não passam por uma das experiências mais interessantes de uma viagem até a última fronteira.

028_Pelo_Retrovosor_tonemapped

A província de Yukon foi um dos pontos altos da nossa viagem até agora pela solitude que é viajar por essa região. Você dirige por horas a fio, estrada maravilhosa atrás de estrada maravilhosa, rios e lagos de cores esmeralda e azul turquesa que nascem do derretimento do gelo, natureza dominando por todos os lados; simplesmente não há seres humanos por perto.

033_Pelo_Retrovosor.JPG

Ursos, alces, raposas cruzam o seu caminho e estão no seu habitat natural, você é o invasor. Depois de dirigir por dias sem encontrar uma alma viva, acampando no meio das florestas com todas as precauções possíveis para evitar a visita de um amigo peludo (ursos!) você chega na capital que tem 25 mil habitantes (70% da população da província!) e é menor que muito bairro de São Paulo.

04102030963096

O apelo desse lado canadense (norte da Colúmbia Britânica, Yukon e Territórios do Noroeste) é gigante. Não há palavras para descrever a sensação que é dirigir por essa parte desconhecida por muitos, parar para acampar no meio da natureza e se sentar ao lado da fogueira apreciando um dos céus mais brilhantes do planeta.

DCIM100GOPROGOPR0603.JPG

Uma das grandes vantagens de sair dirigindo por aí, ao invés de pegar um avião e mochilar, é a liberdade de escolher o caminho que quisermos para chegar ao nosso destino – não é uma crítica aos mochileiros, são apenas estilos diferentes de viagem e o que vale mesmo é viajar. E aproveito para dizer, você não precisa de nenhum carro modificado para dirigir por aí; usar o seu carro atual ou ir para um aeroporto menor e alugar um carro para dirigir até o seu “destino” já criará experiências muito diferentes daquelas vistas nos mais famosos blogs e instagrams de viagem.

04102031003100

Muitos irão colocar a culpa na falta de tempo, e isso simplesmente quer dizer que ainda não entenderam a premissa base do ditado; não atravessar essa região esparsamente populosa do Canadá é perder um dos pontos mais altos do “destino” Alasca.

Sobre PELO RETROVISOR – Mariana e Felipe
Voltando para casa pelo caminho mais longo! Dois Brasileiros morando em Nova Iorque decidem vender tudo e voltar ao Brasil a bordo de um 4×4; se é para embarcar numa aventura dessas, por que não adicionar o Alasca e a Patagônia no roteiro?
  www.peloretrovisor.com       /peloretrovisor/        /pelo.retrovisor/

Mais Overlanders em Destaque

Assinaturas Digitais

00h_Hub_Comunicacao

Ediçao #7 Chegou

01a_SingleMag

Melhores Preços na Loja Overlander

01-SideBarAd_50

Coleção Overlander

10b_New_all_Items_blue_sidebar

2 thoughts on “PELO RETROVISOR – Alasca, o destino onde o que vale é a estrada!

  1. Erico

    Concordo 110% com o texto, mas no caso do Alaska como fazer isso sem ter carro?
    Existe possibilidade de alguel de carro no Canada que permita viajar para o Alaska? cruzar a fronteira?
    Pergunto pois já fui a Vancouver e praticamente todas empresas que alugam carros não deixam nem ir ao Norte do Canada, quem dirá entrar no Alaska…

    Como podemos viabilizar esse tipo de aventura? Comprando um veiculo usado? seria uma opcao mesmo que para uma viagem de 20/30 dias apenas?
    Poderiam existir turismo de aventura nesse local como existe na ilha sul da Nova Zelandia através de onibus de aventura como o kiwiexperience…

    Enfim, gostariamos muito de conhecer dessa forma atraves de via terreste mas infelizmente nao vejo como realizar….

    Reply
    1. Overlander Post author

      Obrigado pela participação Erico. Realmente fazer esse trecho por terra é um sonho, e uma grande aventura. Pelo que sabemos existem empresas que alugam sim carros, tanto nos EUA quanto no Canadá, podendo cruzar fronteiras. Obviamente os vistos tem que estar em dia, assim como a CNH e outros documentos incluindo seguro obrigatório de ambos os países. Uma opção pode ser também comprar um carro usado, realizar a viagem, e depois vendê-lo novamente. Sem dúvida, será uma grande experiência e curtirá muito as belezas dessa região. Boa sorte!

      Reply

Deixe uma resposta