PROJETO MUNDO CÃO – Death Valley & Sequoia

Veja mais posts do MUNDO CÃO  >>>>

Depois de Vegas, caímos no deserto, a estrada bem bonita nos levou ao parque mais desolado dos Estados Unidos, na entrada somente a placa e um pequeno quiosque com mapas indicava que o “Death Valley National Park” iniciava ali.

01_Death

O nome assustador pode realmente indicar problemas, no verão as temperaturas chegam aos 46 graus, é um dos lugares mais quentes do planeta e um dos lugares mais secos dos Estados Unidos, combustível, hoteis e restaurantes não existem por ali e os desavisados realmente podem ter sérias complicações. As paisagens são incríveis; Salares , canyons e montanhas coloridas… um cenário natural de impressionar. Passamos a noite dentro do parque, numa noite estrelada e solitária, e mais uma vez nosso único companheiro era o silêncio.

03_Death

Normalmente mapas e GPS resolvem a vida de um viajante, mas às vezes o excesso de confiança nos coloca em situações muito loucas, a forma antiga de parar e perguntar pode evitar muitos quilômetros em vão. Do “Death Valley” seguimos ao “Sequoia National Park”, abastecemos e colocamos o ponto no GPS, o caminho mais curto era um “passo de montanha” e com certeza esse era o mais bonito também.

A estrada foi ficando cada vez mais linda, subimos a imensa montanha e os carros foram sumindo, durante muito tempo não cruzamos com nenhum. De repende, depois de mais de uma hora na estrada, apareceu uma placa informando “Closed” e num pequeno restaurante paramos para perguntar; De lá, saiu uma moça encantada com nosso carro e começamos a conversar, ela explicou que por ali não era possível passar porque havia mais de dois metros de neve e tínhamos que voltar, mas estava um sol do cão! Este foi o primeiro espanto, só ai descobrimos que estávamos na Sierra Nevada! Quando a amiga começou a falar dela, veio o segundo espanto, ela era canadense e viajava também, mas a pé! Fazia oito meses que ela estava na estrada, andando, desde o Canadá! A PÉ!

08_Death

Depois de descer a montanha, dormimos por ali mesmo, pela manhã caprichamos no café da manhã, com direito a maionese de atum e beringela à italiana para um dia de muita atividade, afinal, estávamos chegando no parque mais encantador dos Estados Unidos, o “Sequoia National Park”, um verdadeiro santuário.

DCIM100GOPROGOPR2422.

O tempo médio de vida das gigantes é de dois mil anos, o tronco mais pesado deste parque equivale ao peso de vinte e cinco tanques de guerra ou quinze baleias adultas, as árvores podem chegar a oitenta e três metros de altura e trinta e três metros de diâmetro, “General Sherman” é a estrela do parque, sendo considerada o ser vivo de maior dimensão do nosso planeta, sua idade é estimada entre dois mil e trezentos a dois mil e setecentos anos. Várias trilhas e caminhos bem marcados te levam às centenas de árvores milenares, os pássaros, esquilos e outros animais colaboram para o ambiente mágico, é impossível não se encantar com esse profundo contato com a natureza.

DCIM100GOPROGOPR2452.

Outra atividade deliciosa do parque é subir o “Moro Rock”, um gigante domo de granito com trezentos e cinquenta degraus que te levam até o topo, a subida é cansativa mas muito agradável e a recompensa é um visual de impressionar , a vista panorâmica se perde na imensidão, chegando até às montanhas nevadas (aquelas do principio…) Tudo isso abençoado pela energia das árvores gigantes, que decoram o horizonte.

Ediçao #5 Chegou

01c_SingleMag_Ed5_500

Coleção Overlander

07_Bothitems_home

Conheça os Livros

01a_DayTrippers_SidebarAd
01_Capa_500-sidebar
02_CYD_APM_sidebar
03_CYD_BPT_Sidebar
Livro_standing_3D_shadow_sidebar

Sobre PROJETO MUNDO CÃO – Eleni & Sergio
Um casal viajando de carro pelas Américas até o Alasca, distribuindo mais de 1 tonelada de alimentos para animais abandonados.
  www.projetomundocao.com.br/site/
   /pages/Projeto-Mundo-Cão

Deixe uma resposta