SAFARI BRASILEIRO (Parte 2)

Texto & Fotos: Robert Ager

O melhor da vida selvagem na América do Sul está mais perto do que você pode imaginar. No Pantanal tem tudo!

Veja esta matéria na íntegra na Edição #7 da REVISTA OVERLANDER

Parte 1 aqui  >>>>

022_OverlanderBrasil_Pantanal

QUE DIA DE EMOÇÃO

Se você está buscando uma experiência selvagem inesquecível e a oportunidade de ficar cara a cara com alguns dos animais silvestres da América do Sul, não há lugar melhor que o Pantanal. Quase a metade do tamanho da França e abrangendo Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o Pantanal é a maior planície inundável do mundo.

Extremamente bonito, é um paraíso da natureza. Mas vale lembrar que é principalmente um lugar selvagem, onde o clima pode mudar a qualquer momento e um passeio normalmente tranquilo pode se tornar um grande desafio. Como foi o nosso caso, nesse dia, a caminho da fazenda Baía das Pedras.

026_OverlanderBrasil_Pantanal

Tudo começou bem tranquilo, dirigindo em comboio, sem problemas, cruzando várias pontes de madeira e curtindo as belas paisagens e a vida selvagem com alguns pit stops na beira da estrada para comer um lanche e “fazer as necessidades”.

No Pantanal é preciso ficar alerta, pois sempre tem alguma coisa ou algum bicho por perto! Nesse trecho vimos araras-azuis, um grupo de veados e uma anta. A primeira vez que a vi na selva — que bicho grande!

036_OverlanderBrasil_Pantanal

Até agora o clima estava ótimo, bem quente, sempre com um solzão e nenhuma gota de chuva. Hoje parecia ser um pouco diferente. Desde cedo estávamos cientes das nuvens escuras à nossa frente — bem escuras!

Ao visitar o Pantanal, você tem sempre de avaliar as duas temporadas, a de seca e a de chuva. As duas épocas têm suas vantagens. Na de chuva tudo fica mais verde e as paisagens são lindas. Na de seca tudo fica mais apagado, mas com menos água os animais ficam em lugares mais concentrados e são mais fáceis de avistar.

As estradas principais, como a Estrada Parque no sul e a Transpantaneira no norte, apesar de serem de terra e com muitas pontes, normalmente são transitáveis nas duas épocas. Mas, fora delas, nas trilhas pequenas, cruzando as fazendas, pela Nhecolândia, a situação pode ser bem mais complicada. Exatamente aonde estávamos indo… debaixo de nuvens!

023_OverlanderBrasil_Pantanal

 O CÉU FICOU ESCURO

Aquelas nuvens escuras começaram a ficar pretas e não só na nossa frente, mas em toda a nossa volta.

O bicho vai pegar! E foi no começo da tarde que a chuva chegou. E que chuva!

A trilha mudou completamente e o que seria um passeio tranquilo virou um desafio 4×4 de verdade, cheio de emoção! A água aparecia em todo o lugar, a areia ficou mais mole e não teve jeito — atolamos várias vezes. O equipamento de resgate e os guinchos foram fundamentais nesse momento!

021_OverlanderBrasil_Pantanal

Mesmo nessa situação a galera estava superempolgada, trabalhando em equipe — alguns com bastante experiência e outros totalmente novatos, mas todo mundo curtindo esse momento da aventura. Com esse alto-astral, mas com todos muito molhados e cobertos de lama, o comboio avançou devagar, tentando chegar ao destino antes de escurecer.

024_OverlanderBrasil_Pantanal

MAIS UM DESAFIO

Um dos Trollers teve um problema com a bateria, que depois de alguns sinais simplesmente pediu arrego e o carro não andou mais! Com toda aquela chuva e muita lama, não deu para outro carro rebocar. Como estávamos perto da fazenda, o grupo continuou e o Jean ficou com o Troller. Chegando à fazenda, acionamos o trator e eu voltei para ajudar a rebocar o Troller.

Deu tudo certo e todo mundo ficou bem feliz ao finalmente chegar à fazenda e poder comemorar com um belo pôr do sol. Nesse dia, aquela cerveja gelada no fi da noite foi a melhor do mundo!

024a_OverlanderBrasil_Pantanal

BAÍA DAS PEDRAS

Depois daquele longo e emocionante dia, estávamos mais que prontos para relaxar e curtir a fazenda. Aqui no Pantanal, uma baía normalmente é um espaço de água que permanece durante todo o  ano, em vez de só aparecer na época chuvosa. Daí o nome, pois aqui sempre tem a linda lagoa perto da fazenda.

Essa região é bem isolada e só se consegue chegar de carro fora da época chuvosa. Obviamente estávamos mais pertinho desse limite do que pensávamos! Muitas pessoas preferem pegar um pequeno avião para não arriscar o caminho “por terra”. A Baía das Pedras ainda funciona como uma fazenda, onde as tradições e costumes são fortes e fazem parte do dia a dia.

028_OverlanderBrasil_Pantanal

Na primeira manhã, a dona Rita me convidou para fazer um safári particular com a sua Landy. Um safári por aqui nunca decepciona, e explorar a fazenda revelou mais uma vez novas belezas do Pantanal. Capivaras na água, veados no campo e muitos pássaros — que a dona Rita identifiou em inglês e português, incluindo o símbolo da região, o magnífico tuiuiú.

025_OverlanderBrasil_Pantanal

Uma visita ao Pantanal não é completa sem um passeio a cavalo. É o jeito mais tradicional e autêntico, em que você pode sentir um pouco como é a vida de um pantaneiro, inclusive ficando até dentro da água!

027_OverlanderBrasil_Pantanal

O clima estava tão legal entre o grupo, todo mundo curtindo o lugar, cada qual a sua maneira e ritmo. Para celebrar nosso tempo aqui, nada melhor do que um belo churrasco com direito a algumas cervejas, um pouquinho de cachaça e muitas risadas!

032_OverlanderBrasil_Pantanal

Depois das despedidas na fazenda, pegamos o caminho de volta para Campo Grande. Dessa vez foi bem mais tranquilo, apesar de ainda ter bastante água, mas com o sr. Dóio mostrando uma trilha alternativa, foi sossegado. Porém, para manter a tradição, conseguimos dar uma atoladinha básica!

037_OverlanderBrasil_Pantanal

Mais algumas paradas para os últimos registros fotográficos e sabíamos que essa grande aventura estava chegando ao fim. Uma mistua de sentimentos… Tristeza porque acabou, mas alegria devido às novas amizades e aventuras realizadas. Finalmente, um pouco de orgulho e a sensação de missão cumprida.

039_OverlanderBrasil_Pantanal

A TURMA

Confesso que eu tinha um pequeno pé atrás com viagens em grupo. Minhas expedições sempre foram feitas em um carro só, apenas com a Grace. Sozinhos! Mas descobri nessa viagem que um grupo traz muito mais coisas legais do que dificuldades, e que esss diferenças fazem com que tudo se torne mais interessante! Mais conversas, mais papos e mais piadas engraçadas.

Obviamente, tudo depende do grupo e posso imaginar que nem sempre é um mar de rosas, como foi nesse caso. Além disso, é muito importante que a organização seja muito bem-feita. Nesse aspecto, sem dúvida, o trabalho muito profissioal da equipe fez toda a diferença.

040_OverlanderBrasil_Pantanal

O LUGAR

O Pantanal é um lugar eterno, onde ao longo dos anos um delicado equilíbrio entre o homem e a natureza tem conseguido sobreviver. É difícil não se apaixonar pelo Pantanal. Não importa quantas vezes você venha aqui ou em que época, há sempre algo novo a ser descoberto e mais a aprender. É um daqueles lugares especiais para onde você sempre vai querer voltar.

Turma legal. Novas amizades. Lugar sensacional. Viagem maravilhosa! Do que mais precisamos? Até a próxima!

030_OverlanderBrasil_Pantanal

Veja esta matéria na íntegra na Edição #7 da REVISTA OVERLANDER

Parte 1 aqui  >>>>

Ediçao #7 Chegou

01a_SingleMag

Melhores Preços na Loja Overlander

01-SideBarAd_50

Coleção Overlander

10b_New_all_Items_blue_sidebar

Conheça os Livros

01_Capa_500x385
01a_DayTrippers_SidebarAd
01_Capa_500-sidebar
02_CYD_APM_sidebar
03_CYD_BPT_Sidebar
Livro_standing_3D_shadow_sidebar
01a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
02a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
03a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
04a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385

Deixe uma resposta