TERRA DOS CÂNIONS – Santa Bárbara (Parte 2)

Veja esta matéria na íntegra na Edição #1 da REVISTA OVERLANDER ou Parte 1 aqui ou Parte 3 aqui

Também confira nossas recomendações de lugares Onde Ficar e Comer >>>>

Serras encantadoras, com vistas espetaculares sobre cânions, que você nunca imaginou existir no Brasil. Florestas de araucárias, antigas formações rochosas e cachoeiras escondidas à espera de serem exploradas. Onde os animais ainda podem ser vistos, o clima vai determinar o seu dia e as estradas são apenas para você. Um paraíso para Overlanders!

Aqui está a segunda parte “Travessia de Santa Bárbara”. . .

010_TerradosCanions copy

A TRAVESSIA DE SANTA BÁRBARA

Texto & Fotos: Robert Ager

Embora seja possível chegar a Bom Jardim da Serra por asfalto, tivemos outra ideia. Na aldeia de Vacas Gordas, saímos da estrada principal, optando pelo trajeto por terra, passando pelos Campos de Cima e atravessando o Parque Nacional São Joaquim. É realmente um lugar remoto, ao mesmo tempo belo e selvagem, onde os espaços abertos e intermináveis céus parecem pressioná-lo ao chão. Dirigimos ao longo dos mouros, seguindo rios, atravessando pontes e passando por florestas antigas de enormes araucárias.

012_TerradosCanions

Em um dia tranquilo, a maioria dos veículos transitaria sem problemas por aqui, mas cruzar com um 4×4, ou um carro mais alto, seria mais prudente, especialmente se chover. Escapamos por pouco, pois o céu estava preto, coberto de nuvens, e a chuva pode vir de repente. No inverno, você também precisa se  preparar para o frio, pois esta região registra regularmente algumas das temperaturas mais frias do país. Se tiver sorte, pode até ver neve!

011a_TerradosCanions

Chegamos à pequena cidade de Bom Jardim da Serra e seguimos para o mirante, na borda da Serra do Rio do Rastro. Esperávamos pegar o pôr do sol sobre a famosa estrada sinuosa. Mas nada! Infelizmente, estava totalmente coberto com uma densa neblina.

009_TerradosCanions

BOM JARDIM DA SERRA

Situada na borda da Serra, esta pequena cidade é perfeita para explorar o Rio do Rastro e todos os outros desfiladeiros ao redor. As opções são muitas, mas o que você faz provavelmente será ditado pelo clima, em particular, as nuvens! Às vezes, essa imprevisibilidade pode ser frustrante, mas por outro lado muito mais gratificante quando você finalmente consegue a vista perfeita.

013_TerradosCanions

Como a nossa primeira manhã estava relativamente aberta, decidimos conhecer o Cânion Laranjeiras. Chegando a uma pequena fazenda, saímos do carro e partimos para uma caminhada através da floresta até os mouros acima. Andando e conversando com a nossa simpática guia Miria, percorremos o que parecia ser um enorme campo. De repente, deparamos com uma formidável fenda na terra. Nós tínhamos chegado ao Laranjeiras!

015_TerradosCanions

Debruçados, à medida que ousávamos, olhamos para as profundezas do cânion. Simplesmente espetacular! Acompanhando a borda, um pouco mais à frente, tivemos vistas ainda mais impressionantes. Durante todo o percurso, seguimos maravilhados, até chegar a um local privilegiado, perfeito para um lanche. No dia certo, aqui você pode avistar alguns animais selvagens da região – graxaim, veado-do-campo, seriema, quati ou até mesmo o raro leão-baio. O mais próximo que chegamos, no entanto, foi sermos seguidos por uma barulhenta, mas linda gralhaazul e sermos recebidos por um pequeno rebanho de curicacas de volta à fazenda.

014a_TerradosCanions

Retornando à cidade, fomos para o mirante da Serra do Rio do Rastro, mas novamente vimos apenas nuvens e neblina! Contudo, no final do dia, enquanto caminhávamos após o jantar, olhamos para cima e vimos algumas estrelas – um sinal de que o céu estava limpo. Sem perder tempo, lá fomos nós, e desta vez foi recompensador, com uma bela vista da estrada iluminada à noite!

A manhã seguinte seria a nossa última chance, olhamos apreensivos para o céu. Aberto! Estávamos com sorte e sabendo como aqui o clima muda de uma hora para outra, saímos correndo para o mirante e finalmente apreciamos a vista clássica da estrada que serpenteia o seu caminho descendo a Serra do Rio do Rastro! Aproveitando o bom tempo, visitamos o Cânion da Ronda, que fica bem próximo, antes de nos despedir de Bom Jardim da Serra e seguir sentido São José dos Ausentes e Cambará do Sul.

017_TerradosCanions

Veja esta matéria na íntegra na Edição #1 da REVISTA OVERLANDER ou Parte 1 aqui ou Parte 3 aqui

Também confira nossas recomendações de lugares Onde Ficar e Comer >>>>

Ediçao #6 Chegou

01d_SingleMag_500_sidebar_site

Melhores Preços na Loja Overlander

01-SideBarAd_50

Coleção Overlander

07_Bothitems_home

Conheça os Livros

01_Capa_500x385
01a_DayTrippers_SidebarAd
01_Capa_500-sidebar
02_CYD_APM_sidebar
03_CYD_BPT_Sidebar
Livro_standing_3D_shadow_sidebar
01a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
02a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
03a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385
04a_Capa_livro_ViajologoExi_500x385

Deixe uma resposta